Budapeste em 2-3-5 dias

O que fazer durante 2, 3 ou 5 dias em Budapeste.

Há tanto a fazer em Budapeste e pode ser difícil saber por onde começar. Seja para estar na cidade por uns dias ou mais tempo, estes conselhos ajudarão a a preencher a sua viagem de experiências realmente inesquecíveis. Estes itinerários o levarão aos lugares mais famosos, assim como também a lugares fora do comum; aos lugares de importância histórica e a espaços mais novos da capital moderna. Os melhores recantos de Budapeste se entrelaçam. Espero que tenha um momento realmente mágico e que regresse de novo para reviver o encanto e acrescentar mais destinos. Bem vindo a Budapeste!

Se você tem 2 dias...

Para começar, em seu primeiro dia, atravessar a Ponte das Cadeias e apreciar ambos os aspectos dos lados Buda e Peste às margens do Danúbio. Terá uma linda vista dos muros declarados Patrimônio Mundial da UNESCO. A partir da Ponte das Cadeias, tem-se uma ampla vista das principais pontes de Budapeste, o edifício do Parlamento Húngaro, Monte Gellért e o Castelo de Buda. No extremo da Ponte das Cadeias, de Peste, verá o Palácio Gresham, porém se caminhar até o final de Buda, pode-se tomar o funicular para chegar ao Bairro do Castelo. Explore o Palácio de Buda, as ruas em pedra e as antigas muralhas do castelo. Visite a Galeria Nacional Húngara para ver obras de arte húngara, uma de suas interessantes exposições temporais ou o Museu de História de Budapeste. Outra alternativa é fazer um passeio pelo Hospital de la roca (Lovas út 4/C) - uma rede subterrânea de cavernas que funcionaram como uma clínica de emergência durante a Segunda Guerra Mundial.

Descanse na pasteleria Ruszwurm e desfrutede um delicioso pastel ou dois – a final de contas, a Hungria é famosa porsua confeitaria. Este café é incrível porque tem funcionado desde 1827! Logo, continue coma Igreja de Matias e o Bastião dos Pescadores para desfrutar de uma das melhores vistas de Budapeste.

Depois de passar a primeira parte da jornada caminhando e explorando, é momento de descansar. Visite um dos muitos banhos termais de Budapeste, como o recentemente restaurado Banho Rudas ou o Banho Széchenyi. À noite, vá ao bairro judeu, onde é possível que você deseje comer num dos restaurantes cosmopolitas de Gozsdu Udvar como o Spiler 'gastropub'. Dirija-se a um dos famosos pubs de Budapeste como Szimpla Kert (Kazinczy u. 14.). Há muitos grandes bares ao longo da Rua Kazinczy.

O segundo dia, explorar o distrito VI e visitar a Basílica de São Estevão. Recomendamos que se dirija à cúpula, porque a vista é impressionante. Depois ande a pé pela Avenida Andrássy, outro lugar exclusivo da Lista de Patrimônio Mundial, até chegar à Praça dos Heróis, aqui se encontra o Museu de Belas Artes e o Kunsthalle (Mücsarnok), sala de arte moderna. Se não tiver a oportunidade no primeiro dia, pode-se caminhar ao redor do Parque da cidade e logo visitar os Banhos Széchenyi.

No fim da tarde, tome o metrô amarelo M1 do Parque da cidade até a Praça Vörösmarty e dali caminhe pela Rua Váci e desfrute de algumas compras. Aqui se pode visitar a Casa Gerbeaud, Jégbüfé ou as pastelarias Casa Szamos Gourmet. Para o jantar, recomenda-se uma ida a Rua Oktober 6 para ver a Basílica de São Estevão iluminada à noite e experimentar uma excelente comida húngara em Kispiac ou a Borkonyha com estrela no Michelin. Se preferir, pode desfrutar de um jantar no cruzeiro pelo Danúbio e vera cidade iluminada à noite. Você saberá o que queremos dizer quando o vir – o por do sol em Budapeste é realmente atraente!

Se você dispuser de 3 dias...

Siga as sugestões para os dias 1 e 2, e no terceiro dia visite o Gran Mercado (Mercado Central) para provar algo de comida tradicional húngara. Depois se satisfazer com o Lángos ou algum outro lugar de comida saborosa húngara, você vai querer caminhar um rato. Recomendamos que atravesse a Ponte da Liberdade e logo suba o Monte Gellért (Gerardo) até a Cidadela. À tarde, um passeio pelo bairro judeu (no distrito VII.) submergindo na historia e o progresso moderno da região. Não perca mais templo judeu da Europa - a Gran Sinagoga na Rua Dohány. Para jantar, experimente um restaurante no bairro judeu, como Macesz Huszár (Dob u. 26) ou Spinoza (Dob u. 15). Para um toque de tradição, visite a Casa Patrimônio de Hungria (Corvin Tér 8.) para ver um espetáculo de dança folclórica húngara. Se você estiver em Budapeste nos meses mais quentes, visite um bar no eirado como o Bar 360 (Andrássy út 39.) e Gozsdu Sky Terrace (Holló utca 6.) para um ou dois copos.

Se tiver 5 dias...

Tenha um plano para os dias 1-3, porém com o tempo extra no dia 4, percorra o Parlamento húngaro. Estes são realizados em vários idiomas, numerosas vezes ao dia e duram cerca de uma hora. Próximo dali,dê um passeio pela Ponte Margarita, que foi recentemente restaurada, para ver a linda vista da cidade do seu mirante. Dali até a Ilha Margarita. Trata-se de 55 quilômetros a pé por toda a ilha e durante os meses de verão há outras coisas para desfrutar, como o zoológico de animais de estimação, a fonte musical, o jardim japonês e muita área verde para uma refeição campestre. À tarde, tome o bondinho número 2 (Jászai Mari Tér) para explorar as margens do Danúbio, percorra todo o caminho até o edifício da baleia de Budapeste e o Palácio das Artes. Para refeições rápidas, há muitos restaurantes para escolher ao longo das margens do Danúbio Se você estiver em Budapeste durante a temporada de ópera (de setembro a junho) é recomendado que se assista a um espetáculo na Ópera Estatal de Hungria ou o Teatro Erkel (II. János Pál pápa tér 30.), o Palácio das Artes também tem uma variedade de exibições na maior parte do ano.

No quinto dia, o zoológico de Budapeste, e se tiver mais recursos financeiros para voltar um tempo, você desfrutar o encanto do velho mundo e o serviço no restaurante Gundel (Gundel Károly út 4.), que está logo ao lado do zoológico. À tarde, tente aproveitar tudo o que pode ter sido perdido das sugestões antes mencionadas ou se pode puede tomar o barco público BKK e chegar a Kopaszi gát ou Római part para relaxar junto ao Danúbio. A barragem Kopaszi e de maior categoria, com espaços verdes especialmente projetados e uma variedade de restaurantes encantadores, onde o Római e mais acolhedor, com um montão de vendedores de peixe frito e bares ao ar livre nos meses mais quentes. Ambos são geniais para ter uma experiência do mais singular em Budapeste, pois nem todo mundo encontra em seu caminho lugares como estes dois. Depois do jantar aproveite uma vista do cenário de música ao vivo em Akvarium Klub na Praça de Sissi (Erzsébet Tér 12.).

E se ainda tiver mais dias...!!

Para s que tiverem mais tempo para seguir o passeio, recomendamos que você visite János-hegy. Esta é uma grande atividade durante todo o ano: no verão fazer um piquenique ou vádar um passeio, onde quando a neve cai é popular pelos seus passeios de trenó.O chegar e voltar é parte dada diversão! Tome o trem de tração e o Trem de los Niños para voltar ao centro de Budapeste utilizando a pitoresca Zugliget Telesilla. Também recomendamos a você que explore outras cidades na Hungria, se tiver uns dias mais. Temos outros artigos sobre algumas excursõespopulares e para fins de semana aqui. Para explorar mais Budapeste a pé, recomendamos o distrito do palácio no Distrito VIII - leia nosso artigoque revela segredos do distrito de palácios aqui. Outra alternativa é dar um passeio pela Rua Pozsonyi e RuaHollán Ernö no distrito XIII ou Bartók Béla Út - os três apresentam uma sensação única com muitos cafés, galerias menores e lojas exclusivas.

Conselhos para aqueles com filhos

Para aqueles com filhoss, não faltam atividades onde toda a família pode desfrutar em Budapeste. Aqui há um artigo de 10 atividades para os filhos em Budapeste. Isto inclui o Centro de Maravilhas Científicas, o Tropicarium e o Aquaworld. Para os menores interessados nos detalhes da cidade, leve-nos a Miniversum ou ao Museu do Transporte.